Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

...

A noite insinua-se lentamente enquanto crescem silenciosas sensações perdidas no tempo e espaço... Saudades crescentes dos seus cheiros, sabores, cores, vivências... onde a noite se instala abruptamente deixando no ar sabores perfeitos e cheiros duma terra distância e tão perdida...

Infância longinqua e maravilhosa, plena de sensações e emoções...Ah, saudades dum mundo perdido...e cada vez mais, mais vivido...

Saudades de deixar correr as emoções e colher a amizade sem restrições...

publicado por paranoias às 22:19
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Devaneios

. Recordar África

. Pureza

. ...

. Momentos

. África

. ...

. ...

. Voz

. Vozes

.arquivos

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds