Sábado, 31 de Janeiro de 2009

...

Escrever  mas, sobre o quê? Nem sempre as palavras fluem apesar do sentido. Hoje sinto-me vazia, um pouco triste, desligada mas sem conseguir bem discernir as causas. Noites mal dormidas( maldito Pdi) pela dor ferrada que me impede um dormir sossegado e restaurador. Muito fiz, trabalhei na ânsia de algo bonito colher de amigos fazer e manter. O frio começa novamente a sentir-se e, procuro o calor do lar o conforto dum colo macio. O corpo começa a não responder ás solicitações dum espirito voluntariado e indomável. Á juventude....fisica , onde tudo era permitido e realizado. Viver, sentir, chorar, cair, sorrir, afagar, divertir, descobrir, rir e amar são verdadeiras peças desta vivência pessoal que cada vez mais têm significado maior. A passagem é breve logo deve ser vivenciada de forma activa.... 

publicado por paranoias às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 18 de Janeiro de 2009

Notas Soltas

O vento ruge forte cheio de vida e força diabólica abanando alicerces que se torcem ás suas vontades. O frio entranha-se no corpo cansado de esperar por aquele que partiu e nada disse, nada deixou para recordar a não ser marcas de cheiros e sensações num corpo que não consegue aquecer e esquecer. O fogo arde e lança labaredas plenas de cheiro a pinheiro queimado e tão gasto. Ela se enlaça e estrelaça no fogo quente das chamas procurando conforto e algum calor. O pensamento mais sombrio se torna vivo e na sua nudez perdida procura na noite e no vento o amor perdido e distante. Ninguém a sente e escuta...sente-se só...amigos perdidos, tão esquecidos e abandonados quando pelo amor tudo deixou...

A noite envolve-a com seus braços e acaricia lembrando que é sempre tempo e á sempre tempo para voltar a renascer, voltar a ser quem era,a sua essência de mulher só se encontra adormecida e é sempre possivel recuperar ....voltar a nascer.

publicado por paranoias às 22:36
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Pensamentos

Lentamente das entranhas profundas soltam-se gemidos e cheiros a enxofre queimado que sobem e fazem estremecer os homens que equacionam as suas vivências, os seus sentires, as suas posturas. A terra, em poucos segundos relembra o quanto está viva e o seu poder, apelando a um melhor cuidar. Somos infimos seres não imortais. É necessário o despertar da consciência do ser humano para que se pare e pense como preservar a sua condição humana. É preciso abanar as estruturas para novamente valores tão esquecidos sejam repensados e praticados. Somos imortais, o nosso tempo é uma passagem, e aquilo que fica são memórias duma postura, duma maneira de ser que toca e deixa marcas naqueles que com este ser conviveram, recordando com nostalgia e alegria quem atravessou esta ténue linha da vida e partiu para o desconhecido.
publicado por paranoias às 11:49
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Fantasia

Tem relógio

         o tempo,

Tem horas

          o dia,

Tem segundos

          o minuto,

Tem dias

          o mês,

Tem estações

          o ano,

Tem mundo

          o olhar,

Tem sonhos

          o rosto,

Tem doçura

          o sorriso,

Tem mel

           o beijo,

Tem carinho

           o gesto,

Tem paixão

           o corpo,

Tem vida

           o homem.....

 

publicado por paranoias às 19:25
link do post | comentar | favorito
|

Viver

Viver

Viver não é vegetar mas descobrir o segredo dum sorriso, o abrir duma flor...

Viver é dar quando não é necessário, criando essa necessidade em quem recebe essa dádiva....

viver é a esperança relançada num recém - nascido...

viver é esperar o sol todos os dias, descobrindo seus primeiros raios, aceitando os seus últimos acenos e deitar na noite com um sorriso nos lábios porque no despertar o sol brilhará e aquecerá seu corpo cansado...

viver é amar ensinando quem não o sabe fazer, encaminhar os perdidos, apoiar os cegos em sensações e sentires....

viver é recordar, expectando sempre melhores recordares...

viver é plantar flores no caminho que trilhas e pisas, deixar amor nos seres que contigo convivem, transmitires sentires aqueles perdidos, deixares memórias naqueles que olhas, despertares curiosidades naqueles que contigo se cruzam....

Viver

Ofertar, beijar

Abraçar, sentir

Nunca dizer adeus

Não esquecer

Não desistir

Nunca dizer que não é capaz de amar, perdoar....

publicado por paranoias às 19:10
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

...

Maravilhosa criança

ser único e individual

com suas brincadeiras

suas inocências gratificantes

com seus sonhos e ingenuidades...

 

Maravilhosa adolescente

ente crescidinho, ainda não mulher

com suas enfadonhas e inexplicáveis crises

plena de conhecimentos tão ciêntificos

com seus amores e dissabores....  

 

Maravilhosa natureza

com vibrações invisiveis

seus ruidos inconfundiveis

sua beleza esplenderosa e sempre desconhecida

seus cheiros e sabores indiscritiveis...

 

Maravilhosa mulher

na sua beleza amadurecida

seus sentires imprevisiveis

seu fogo incontrolável

sua entrega verdadeira

sua capacidade de perdoar....

 

 

publicado por paranoias às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

...

Palavras sussuradas ao vento, quentes, cálidas,gentis penetrando lentamente naquele ser esquecido, tão adormecido...suavemente as emoções renascem, erguendo o homem do vazio que o amarfalhava e entorpecia. Sensações á muito esquecidas emergem como raios de luz.. Estar vivo, sentir-se vivo é algo que aqui e agora farão parte da sua vivência, do seu desejo e da sua presença no mundo onde gritar, sofrer, sorrir, falar, agarrar e amar é imprescindivel e indissociável da condição humana.....

 

 

publicado por paranoias às 19:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Devaneios

. Recordar África

. Pureza

. ...

. Momentos

. África

. ...

. ...

. Voz

. Vozes

.arquivos

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds