Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Caos

 

 

Como passam os dias,correm ligeiros e......penso aqui vir debitar algumas palavras mas, algo, alguém ou simplesmente o tempo impedem - me de o fazer. Ah, saudades de deixar os dedos correr, a mente divagar e cairem palavras soltas e leves como a neve no papel digital. Papel que não soa, não se sente, sómente se imagina que existe e se vê escrito num ecrán. Rendidos á tecnologia esquecemos as cartas, o telefonema " oi, estou viva e tu?". Amigos virtuais, mails enviados e tudo não passa dum contacto não sentido. Sinto falta dum toque amigo, duma boa gargalhada a dois, dum sair sem saber para onde, sómente sair abraçando o sol, o vento e os sons e como qualquer ser palrar sem sentido, desconexado....

Á infância longinqua com suas brincadeiras e sentires tão puros. Como deslizavam felizes nas  suas gingas coloridas, como brincavam ao esconde - esconde, ao prego, á mata, ao lencinho... Onde se encontram essas ????.... O mundo evolui, será mesmo?!... As crianças vivem um mundo mais duro e cruel com um futuro inseguro deixado e construido por todos aqueles que como nós brincaram felizes na rua sem perigos.

Soube bem passar os dedos pelas teclas e deixar escrita sem nexo... Será?

publicado por paranoias às 00:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Devaneios

. Recordar África

. Pureza

. ...

. Momentos

. África

. ...

. ...

. Voz

. Vozes

.arquivos

. Janeiro 2011

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds